20 de agosto de 2009

Mais uma estrela no céu... as injustiças da vida...

Levanto-me da cama por não suportar dar mais voltas e pensar nas injustiças da vida...

Sinto a revolta de quem perde um amigo, de quem vê o sofrimento nos olhos de quem mais ama, de quem perde mais um pouco da esperança e ganha mais uma estrela no céu...

Faltam as palavras para expressar os sentimentos.
Projectos por terminar, sonhos por realizar, tanta vida por viver...

Se há uma semana ríamos e comemorávamos a vida, hoje choramos porque não podemos conter a tristeza de perder alguém que fez parte dela...

Quando encontramos amigos, dos tais que podemos nomear desta forma sem pensar duas vezes, daqueles que, mesmo longe, sempre tivemos tão perto, incondicionalmente, a vida perde um pouco de luz.

A quem fica resta o sofrimento e a aprendizagem. Aprender a dar valor a cada dia, a cada momento, a cada palavra... Resta-nos aprender a viver sem aquele que parte...

A nossa despedida foi incompleta, e só resta esperar que a partida tenha sido em paz.


A ti, Guida, muita força. Sempre que precisares aqui nos encontrarás, nem que seja apenas para te ouvir. Os amigos servem para os momentos de alegria, mas servem especialmente para ajudar a ultrapassar os momentos mais difíceis, tentando torná-los mais suportáveis.

Nada do que eu diga vai fazer passar a tua tristeza ou irá apaziguar a tua dor, mas o meu ombro amigo (e o do Nuno, como sabes) estarão aqui para ti e para o Rodrigo.



Arrábida
Descansa em paz nesse teu bocadinho de céu...


Esta é apenas uma singela homenagem a um dos melhores amigos do meu marido e à pessoa que ele foi, que nos vai fazer muito falta...

12 comentários:

Paula, Tomás e Salvador disse...

Um beijinho sentido para vocês.
:(

mamã disse...

Uma estrela brilhará para sempre mais intensamente no céu... e sempre a olhar por vós!

Bjs grandes e muita força! :(

Mamã dos Diabinhos disse...

Lamento imenso!
Beijos enormes

Mãe Carinho disse...

Perder um amigo infelizmente, faz-nos dar mais valor á vida e a tantas outras coisas que no nosso dia-a-dia não prestamos atenção.
Lamento a perda.

Bjs

Daniela disse...

:( beijo grande e um abraço bem apertado.
cuida de ti.

Patrícia disse...

Um beijo e abraço apertado...

Cláudia disse...

Mana, fizeste-me chorar com o que escreveste... não conheci o João, te-lo-ei visto no teu casamento, mas é impossível ficar impassível perante a dor e do vazio do desaparecimento de um jovem pai, marido, amigo, irmão, filho...

Infelizmente perdemos amigos demais durante a nossa vida... eu sei bem disso... mas que fiquem as boas recordações, os bons momentos, que o Rodrigo e a Guida consigam sentir que no céu existe agora uma estrelinha que brilha de propósito para eles.

E, para todos nós, que aprendamos a acompanhar as pessoas que amamos enquanto elas estão connosco em vida, que digamos "amo-te" enquanto podemos ver o brilho no seu olhar, que saibamos reconhecer cada sorriso e cada lágrima e entender o seu significado.

Como alguém disse, os Deuses amam os que morrem jovens... e eles permanecem jovens para sempre.

Um beijo enorme de quem te entende tão bem e está sempre contigo.

Mãe-Galinha disse...

Obrigada pelas vossas palavras...

Cláudia, tb tu me fizeste chorar... pensei em ti dezenas de vezes, por me lembrar do que representava a Elsa para ti e por teres passado por um choque igualmente doloroso.

A minha dor agora precisa ficar abafada, pela Mafalda, especialmente. O não poder exteriorizá-la deixa-me ainda mais triste.

A única forma de poder dizer o que sinto cá dentro foi o post, uma coisa tão banal mas que até ele sabia que eu fazia do fundo do coração...

Custa muito... mas obrigada pelo vosso apoio...

Dangerously in Love disse...

Ontem quando te vi e quando contaste consegui conter-me...por ti e pela Mafalda. Hoje aqui sozinha não consegui... o destino consegue ser muito cruel.

Força amiga...FORÇA!

beijo grande

Cláudia disse...

Subitamente tenho tantas saudades vossas... :'(

Maria disse...

A vida consegue ser tão cruel.. E perante isto é que desvalorizamos tudo o resto.

Um grande beijinho de força.

SimplesmenteUmaMãe disse...

:(

Estou a dar a volta pelos blogs após as minhas férias e ao ler o post anterior, fiquei de sorriso nos lábios pois vi/li que se divertiram imenso e fazias referências aos amigos e agora passados alguns minutos leio este post, fiquei sem palavras. Como em três dias a vida muda tanto!!!
Os meus sentimentos para você e para a tua amiga e filho.

Beijinhos doces