24 de fevereiro de 2010

Quem meu filho beija...

Nunca acreditei muito que fosse possível essa coisa de conhecer alguém e a "química" ser tanta que parece que a conhecemos desde sempre. Não acreditei até ter acontecido comigo! Não mais hei-de esquecer o dia em que recebi a primeira mensagem via mail, do dia em que os conhecemos pessoalmente e de ter pensado, logo ali, a sorte de os nossos caminhos se terem cruzado.
Descobri uma amiga, uma confidente, uma doula e agora, mais recentemente, pedi-lhe para ser a madrinha da minha Mafalda. E quando as vejo juntas, quando sinto o carinho com que a trata, o meu coração enche-se de paz...
Obrigada, amiga.

2 comentários:

Rita Baguinhos disse...

Ai amiga que eu não estou grávida mas devo andar aqui com as hormonas muito saltitantes porque ando uma chorona de primeira...

Sabes que vos adoro a todos e que tenho sim um sentimento muito especial pela Mafaldinha... agora tenho 2 Mafaldinhas na minha vida... uma de olhinho castanho, outra de olhinho azul.

Tenho muitos defeitos mas também tenho algumas virtudes e uma delas é ter um coração enorme, daqueles bem grandões mesmo e sou uma pessoa verdadeiramente abençoada por ter 4 filhos, vários sobrinhos (entre eles a minha Gui) e 1 afilhada que faz as minhas delícias!!!

Sim, sou muito abençoada :)

Obrigada por terem entrado na nossa vida!

Beijos a todos

Sandra disse...

Oh querida sabe tão bem ler estes posts! Até aquecem o coração...é das coisas melhores que podemos ter: UM AMIGO VERDADEIRO!

Um beijinho